Para melhor atender nossas residentes e ao mesmo atender algumas exigências dos órgãos reguladores, começamos em abril de 2015, a realizar adequações na estrutura física do larA partir de julho do mesmo ano foi dado início ao projeto de captação de recursos, junto às empresas, comunidade, famílias e órgãos governamentais, sempre com apoio da Diretoria das Obras Sociais do Centro Espírita Eurípedes Barsanulfo, Promotoria do Idoso, e muitas outras parcerias. Confiram abaixo a matéria da NTV de 18 de agosto de 2015, onde solicitamos o apoio da comunidade para nossa causa.

O ponto de partida deste projeto, foi uma parceria feita com a Agroceres, através do edital proporcionado por esta empresa. Dessa forma, o projeto do Lar de Idosos foi escolhido entre diversos outros projetos assistenciais, que propiciou o valor de R$ 24.000 para as obras de reforma. Essa verba foi o pilar balizador de todo este processo, pois sem esta parceria não teríamos o fôlego inicial para começar este desafio. Nossa estimativa inicial de custo girava em torno de R$50.000, com a ajuda inicial faltaria pouco mais da metade para conseguir através de eventos beneficentes e doações.

Sabemos que nesta vida, que mesmo com planejamento e recursos, nem tudo sai como o esperado. Em 20 de agosto de 2015, realizou-se uma reunião com a equipe técnica da área de construção e nossos parceiros para traçar as principais metas para a realização das tão esperadas obras. Dentre eles o Sr. César da UNIPAM, o Sr. Sérgio do Baratão da Construção, o Sr. Antônio José Amorim, o Sr. Oswaldo Pereira Vinhal, representante da diretoria das Obras Sociais do Centro Espírita Eurípedes Barsanulfo, e Elés de Sousa Caixeta Amorim assistente social do Lar de Idosos e responsável pela condução das reformas. Nesta reunião verificou-se que para atender as reais necessidades do Lar as reformas deveriam ter uma dimensão superior ao inicialmente planejado, haja vista que se fosse efetuar somente o necessário, seriam tomadas medidas paliativas.

Pensando em primeiro lugar na melhor acomodação para as nossas idosas, decidimos fazer de forma diferente, resolvemos arriscar, e fazer um projeto que realmente fosse oferecer o melhor conforto possível para elas. Em 02 de setembro de 2016 iniciou-se a reforma, com uma maior dimensão do previsto inicialmente, mas com o compromisso, seriedade e com muita fé, pois sabíamos que não seria fácil a jornada. Desta forma, dividimos o projeto em quatro etapas.

A PRIMEIRA ETAPA

Iniciou em 02 de setembro de 2015 com previsão de termino em 3 meses, e gastos previstos de R$ 15.000 onde contemplou a reforma da sala de reuniões, cozinha, e tubulação do esgoto. Devido as condições das instalações, precisamos de um mês a mais para finalizar esta etapa e um aporte maior ficando no valor de R$28.000, sendo este valor obtido através das campanhas com os nossos voluntários.

A SEGUNDA ETAPA

Em setembro de 2016 iniciaram as reformas no Bloco A, que contempla seis quartos, uma farmácia, a lavanderia e o depósito de material de limpeza (DML). Nesta segunda etapa enfrentamos o mesmo problema da primeira etapa, onde ao invés de reformar, alguns cômodos tiveram que ser totalmente refeitos, o que acabou elevando um pouco mais os custos e a previsão de término que era para ser em 3 meses e meio, e foi finalizada em 4 meses e meio. Com os gastos previstos de R$ 30.000 para R$ 48.000. Nesta etapa de nossa reforma, começamos a receber o auxílio de mão de obra da UNIPAM, a qual cedeu gentilmente 2 profissionais, que se aliaram aos dois que já estavam nos auxiliando, neste momento já estávamos com (dois pedreiros e dois serventes).

A TERCEIRA ETAPA

Em outubro de 2016 iniciaram as reformas no Bloco B com os outros 6 quartos, o muro principal (Hall de Entrada), quarto e banheiro dos funcionários. Esta atividade possuía a previsão de 3 meses, sendo utilizado 4 para realizar todo este processo, o orçamento inicial desta etapa era de R$25.000, sendo realmente efetuado o valor de R$ 32.000.

QUARTA ETAPA

A quarta etapa da reforma acabou virando obra, onde estamos reformando o pátio, banheiros das internas e visitantes, bem como a troca ou reforma e pintura dos portões, corrimões e demais acabamentos. A previsão desta é de 4 meses, com gastos iniciais previstos de R$ 35.000. Esta etapa esta em andamento, sendo que agora todos os profissionais que estão atuando são da UNIPAM, sendo que a mesma também esta auxiliando com diversos materiais. Confessamos que por muitas vezes pensamos em desistir e parar as obras, nossos parceiros e voluntários, são fontes inesgotável de energia, persistência e seriedade. Todos eles compraram a causa junto conosco, o de oferecer um espaço melhor para as nossas vovozinhas.

CONCLUSÃO DA REFORMA

Sabemos que não foi fácil chegar onde chegamos, mas como todo esforço é recompensado, o resultado não poderia ser melhor. Estamos muito felizes por podermos editar esse artigo com o título de conclusão, falta-nos palavras pra agradecer a colaboração dos parceiros e de cada pessoa que de alguma forma contribuiu com esse sonho. Acompanhe nossa trajetória através de nossa linha do tempo fotográfica.